Publicidade 1913

 

 

  Este espaço no Jornal O Progresso destina-se a resgatar histórias do passado contadas nas páginas deste e de outros jornais. Ressaltam-se principalmente as manchetes que mais chamaram atenção em algum determinado período, são fatos políticos, culturais e sociais que tiveram elevada relevância para a sociedade da época.


  Mas vale ressaltar que nem só de notícias mantém-se um jornal. Hoje em dia é comum abrir um jornal ou revista e encontrar variados anúncios de publicidade, mas saiba que está pratica já ocorre há muito tempo. É o que se observa na edição do Jornal O Município de 31 de agosto de 1913. Uma série de propagandas destacavam-se nas páginas do jornal.


  O Café e Confeitaria Central de Alfredo Nabinger enfatizava para a população que trabalhava na fabricação de doces e caramelos dos mais variados tipos. Além disso, possuía linha variada de vinhos e outras bebidas.


  Agora, se o consumidor exagerasse no consumo de bebidas, do Café e Confeitaria, encontrava a dica para curar a dor de cabeça em um anuncio veiculado na mesma página do jornal: “Neuralgia e dor de cabeça?” , o linimeto Sloan era a solução indicada. 

 

  Já para as mulheres que sofriam com problemas no útero e ovários, a sugestão era para que consumissem “A Saúde da Mulher”, eficaz remédio que prometia resolver todos os problemas desse gênero.


  Havia ainda propagandas sobre hotéis na cidade, xarope para tosse, sala de bilhar e muitos outros, mostrando a diversidade de produtos e serviços à disposição da comunidade.