Back to Top
site 7132   hyhy

Religião

 O papa Francisco canonizou neste domingo (15/10) os 30 "mártires do Rio Grande do Norte", considerados os primeiros mártires do Brasil, assassinados em 1645. Na cerimônia realizada na praça de São Pedro, no Vaticano, o pontífice também proclamou santos os três "meninos mártires de Tlaxcala", do México, assassinados entre 1527 e 1529.


 Como é habitual, Francisco usou a fórmula em latim para proclamar a santidade e pedir que os nomes fossem inscritos nos livros dos santos da Igreja. Durante a cerimônia também foram canonizados o sacerdote espanhol Faustino Míguez (1831-1925), fundador do Instituto Calasancio Filhas da Divina Pastora, e o capuchinho italiano Angelo da Acri.

 

 O grupo de santos brasileiros são considerados os primeiros mártires do país e foram encabeçados pelos sacerdotes Andrés de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro e o laico Mateus Moreira, além de outros 27 companheiros assassinados entre 16 de julho e 3 de outubro de 1645 pelos protestantes calvinistas holandeses instalados no Brasil naquela época.


 Conhecido como massacre de Cunhaú e Uruaçu, o episódio aconteceu no Rio Grande do Norte durante o período da domínio holandês na região. Os holandeses – que eram calvinistas – não admitiam a prática do catolicismo nos territórios por eles invadidos. O papa João Paulo 2º os beatificou em 5 de março de 2000, na Basílica de São Pedro.

 

Meninos indígenas mexicanos


 A cerimônia começou com o prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, o cardeal Angelo Amato, que, acompanhado dos postuladores das causas, apresentou a Francisco a petição de canonização e leu uma pequena biografia de cada um.


 Depois, o papa pronunciou a fórmula em latim: "Após ter reflexionado largamente e invocado a ajuda divina, e escutando o parecer de muitos dos nossos irmãos bispos, declaramos santos os beatos [...] e os inscrevemos no Catálogo dos Santos, e estabelecemos que em toda a Igreja sejam devotamente honrados entre os santos." Depois, as relíquias dos novos santos foram levadas ao altar.


 Para a cerimônia compareceram centenas de mexicanos de Tlaxcala e uma ampla delegação religiosa liderada pelo bispo da diocese, Julio C. Salcedo Aquino, e os cardeais José Francisco Robles Ortega e Alberto Suárez Inda.


 Os meninos indígenas santos são Cristóbal, Juan e Antonio, que tinham entre 12 e 13 anos e foram assassinados entre 1527 e 1529, ao terem se convertido ao cristianismo, e que serão agora os padroeiros da infância mexicana. Os três meninos foram beatificados em 6 de maio de 1990 na basílica de Guadalupe por João Paulo 2º.

 

Fonte:DW.com

 Faleceu nesta quarta-feira, 19, o padre Hugo Büttenbender, aos 80 anos.Ele estava internado no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, há cerca de 40 dias, Padre Hugo veio à óbito por volta das 11h. Atualmente ele servia como vigário paroquial no Santuário Nossa Senhora do Rosário, no Centro Histórico da Capital. No dia 7 deste mês o presbítero completou 55 anos de sacerdócio.


 O padre também teve uma forte ligação com Montenegro. Pároco em Montenegro pelo período dez anos, de 1975 até 1985, foi em sua gestão que ocorreu construção da atual Casa Paroquial do município.

 

 Destaca-se sobre ele a simpatia e o espírito ecumênico que manifestava às demais igrejas cristãs. Pe. Hugo era primo de Dom Dadeus Grings.

 

 O velório ocorrerá a partir das 7h de quinta-feira, 20, na paróquia do Rosário, onde será celebrada missa às 8h30min. Depois o corpo seguirá para Morro Reuter, onde será sepultado.

 

Foto: Arquidiocese de Porto Alegre

 O Bispo Coadjutor da Diocese de Montenegro, Pe. Carlos Romulo Gonçalves e Silva, será acolhido pela comunidade católica no dia 9, sexta-feira, às 19h30min, na Catedral São João Batista. Contudo, o novo Bispo só assume de forma efetiva o comando da Diocese de Montenegro no mês de outubro, quando o atual Bispo, Dom Paulo De Conto, completar 75 anos e o Papa Francisco conceder-lhe o título de Bispo Emérito. Até lá o Bispo coadjutor acompanhará Dom Paulo em suas atividades.


 De Conto foi o primeiro Bispo da Diocese de Montenegro. Por aqui já são mais de oito anos de atuação. Ele ainda lembra com carinho a época em que aqui chegou e diz que não pretende deixar a cidade. “Quando instalava a Diocese, eu dizia para todo o povo: a Diocese de Montenegro, de hoje em diante, tem um novo nome. Chama-se Diocese da Alegria, e isso pegou, a alegria existe em todos os cantos”, conta Dom Paulo.

 

 O bispo afirma que está feliz e realizado em passar seu cargo para Dom Carlos. “Eu entrego minha missão com muita alegria. Dei o que tinha, seja no aspecto administrativo, seja pastoral e, sobretudo no amor pelos padres, seminaristas e pelo povo”.

 

 Dom Paulo convida a comunidade a participar da cerimônia de ordenação episcopal do futuro bispo da Diocese de Montenegro que será realizada no domingo, dia 4, na Catedral Metropolitana São Francisco de Paula, de Pelotas. E parta que posteriormente, na sexta,9, compareçam a missa de acolhida.

Terça, 11 Abril 2017 11:32

ERS 124 poderá ganhar lombada eletrônica

Escrito por

O Prefeito Municipal de Pareci Novo, Oregino José Francisco, participou de nova reunião no DAER para tratar sobre as melhorias junto a ERS 124. Veja alguns dos assuntos tratados no encontro:


- trevos e rótulas de acesso ao Município de Pareci Novo,
- colocação de pedras junto à barranca do Rio Caí, evitando a erosão da área,
- lombadas eletrônicas ao longo do trecho da ERS 124.

 O movimento Cenáculo de Maria, da Diocese de Montenegro, está completando 25 anos de serviços prestados à comunidade. Para comemorar as Bodas de Prata, neste domingo, 9, será realizado um evento no Parque Municipal da Cidade de Feliz.


 Conforme Fernando Petry, membro do Cenáculo de Maria, uma série de atividades estão previstas para acontecer ao longo do dia. No período da manhã haverá um bate-papo entre os presentes e à tarde o momento de celebração, com a presença do Bispo Dom Paulo Antônio de Conto.


 Petry lembra que os convidados devem levar o próprio almoço e cadeiras para ter maior conforto durante o evento. Haverá ainda ações voltadas para as crianças.
Não precisa ser membro do Cenáculo para participar da celebração. Membros de duas dioceses do Paraná são aguardados para o encontro.