Back to Top
site 7132   hyhy

Sociedade

Quinta, 18 Janeiro 2018 10:01

Festival de Marketing deve ocorrer em maio

Escrito por

Com o tema “Conexões que mudam o mundo”, o 1º Festival de Marketing, Comunicação e Vendas do Vale do Caí está programado para ocorrer no dia 18 de maio deste ano. O encontro promete agregar conhecimento com conteúdos relevantes e, ainda, gerar networking entre os participantes.

 

O Prefeito Municipal Kadu Müller recebeu a visita de representantes da QRTrês, empresa promotora do evento. Na ocasião, foi apresentado ao Chefe do Executivo a metodologia do evento, assim como, a proposta de trabalho nas ações projetadas para o dia. O Secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Elias da Rosa, também participou do encontro.

 

O 1º Festival de Marketing, Comunicação e Vendas do Vale do Caí terá, também, área de exposições, espaço de conveniência e painéis com mediação da jornalista Eduarda Streb. O cantor Lumi, com passagem pelo programa The Voice, encerra o evento.(Foto:Acom)

Terça, 16 Janeiro 2018 10:17

Parque Centenário recebe equipes de limpeza

Escrito por

Na segunda-feira ,15, equipes de limpeza da Secretaria Municipal de Meio Ambiente iniciaram diferentes trabalhos no Parque Centenário. Limpeza do lago, corte de grama, reparos de pintura e capina, são algumas das manutenções promovidas pelas equipes. O Secretário Municipal de Meio Ambiente, Rafael de Almeida, esteve no local e acompanhou parte dos trabalhos que devem continuar durante a semana.(Foto:Acom)

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) de Montenegro atua, nesta sexta-feira (12), na manutenção e na limpeza de diferentes pontos de Montenegro. Os serviços, que envolvem os trabalhos de capina, roçada, limpeza e pintura de meios-fios, acontecem no Centro e em alguns bairros.

 

Dentre os locais atendidos estão a rua Ernesto Popp, onde servidores da Secretaria realizam a roçada em frente ao Cemitério Municipal, e a Avenida Júlio Renner, a Via II. Neste trecho, a SMMA atua realizando a limpeza das áreas verdes e o recolhimento de areia que estava disposta na via. O centro da cidade também recebe a atenção do setor com trabalhos de capina, limpeza e pintura de meios-fios nas ruas Capitão Cruz, João Pessoa, Júlio de Castilho e vias adjacentes. Outro ponto que também está recebendo manutenção dos servidores é o Parque Centenário.(Foto:Acom)

Sexta, 12 Janeiro 2018 09:53

Casa da Imaginação Literária recebe novos livros

Escrito por

Está na Praça Rui Barbosa? Que tal ler um livro? Eles estão ali, bem perto da área central do espaço. É só abrir uma das portas dessa pequena casa de madeira e desfrutar dos mais de 100 títulos que estão disponíveis 24 horas para a população. A Casa da Imaginação Literária é uma iniciativa da Biblioteca Pública Municipal Hélio Alves de Oliveira que tem o objetivo de fomentar a cultura e a educação no município.

 

Nessa semana, a equipe do setor colocou mais obras que ficarão à disposição dos frequentadores da praça central. No local, qualquer pessoa pode pegar um livro. No entanto, é preciso colocá-los no mesmo lugar após a leitura ou trocar por uma outra publicação. As doações de livros para a “casa” também são bem-vindas. A Biblioteca solicita, também, que quem pegar livros emprestados deve devolver em duas semanas para que haja rotatividade dos exemplares. O setor também pede para que as obras não sejam danificadas e que a população trabalhe como fiscal para evitar que esse projeto saia das ruas.

 

De acordo com a Diretora da Biblioteca Pública, Ana Valdeti Martins, a casa é da comunidade. “O objetivo é levar os livros para perto das pessoas”, enfatiza, destacando que o intuito também é a socialização e a democratização do livro.(Foto/Arte:Acom)

Sexta, 12 Janeiro 2018 09:46

Casa da Imaginação Literária recebe novos livros

Escrito por

Está na Praça Rui Barbosa? Que tal ler um livro? Eles estão ali, bem perto da área central do espaço. É só abrir uma das portas dessa pequena casa de madeira e desfrutar dos mais de 100 títulos que estão disponíveis 24 horas para a população. A Casa da Imaginação Literária é uma iniciativa da Biblioteca Pública Municipal Hélio Alves de Oliveira que tem o objetivo de fomentar a cultura e a educação no município.

 

Nessa semana, a equipe do setor colocou mais obras que ficarão à disposição dos frequentadores da praça central. No local, qualquer pessoa pode pegar um livro. No entanto, é preciso colocá-los no mesmo lugar após a leitura ou trocar por uma outra publicação. As doações de livros para a “casa” também são bem-vindas. A Biblioteca solicita, também, que quem pegar livros emprestados deve devolver em duas semanas para que haja rotatividade dos exemplares. O setor também pede para que as obras não sejam danificadas e que a população trabalhe como fiscal para evitar que esse projeto saia das ruas.

 

De acordo com a Diretora da Biblioteca Pública, Ana Valdeti Martins, a casa é da comunidade. “O objetivo é levar os livros para perto das pessoas”, enfatiza, destacando que o intuito também é a socialização e a democratização do livro.(Foto/Arte:Acom)

As escolas podem até estar em recesso, mas a vontade que alguns têm de estudar ou ler um bom livro não tira férias. Em Montenegro, um lugar ideal para quem quer fazer essas atividades é a Biblioteca Pública Municipal Hélio Alves de Oliveira. Mesmo sem aulas na rede municipal, o local segue aberto durante os meses de janeiro e fevereiro oferecendo diversos serviços aos frequentadores.

 

Quem utiliza a Biblioteca Pública pode retirar livros, contar com pesquisa orientada, contação de história, acesso ao museu literário, troca-troca de livros, entre outros serviços disponibilizados. Quem utiliza o local, há cerca de uma semana, é o estudante da Universidade Feevale Luiz Henrique Ramos Becker, que pesquisa sobre a trajetória negra no Vale do Caí. O estudante, que é morador do município de Estância Velha, analisa jornais de 1983 a 2004 e conta com o apoio dos servidores da Biblioteca para concluir sua pesquisa.

 

De acordo com a Diretora da Biblioteca Pública Municipal, Ana Valdeti Martins, no recesso escolar, o movimento no local tem aumentado. Segundo ela, outra opção para os que quer utilizar o acervo é a biblioteca do bairro Timbaúva, que fica junto ao Telecentro. Lembrando que a sede da Biblioteca Pública Municipal fica dentro do Parque Centenário, em Montenegro, e está de portas abertas para aqueles que precisam estudar, pesquisar ou, até mesmo, ler um livro. Seu horário de funcionamento é das 8h às 12h e das 13h30min às 16h30min.(Foto:Acom)

Em passagem pelo Vale do Caí, o Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, foi recebido na prefeitura caiense pelo Vice-prefeito e Prefeito em exercício, Luiz Alberto Oliveira, pelo Secretário Adjunto da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humano, Darci Lauermann, além de secretários municipais e vereadores.


Da Redação

 

Durante a conversa, Terra tratou de três demandas colocadas como prioritárias pelas lideranças locais. A primeira delas foi a proposta que pretende fazer a transferência de famílias moradoras de áreas com risco de enchente em São Sebastião do Caí e Montenegro. “Estamos garantindo em Brasília R$ 10 milhões para as duas cidades criarem projetos habitacionais com esse fim. O objetivo é reduzir os efeitos e os transtornos das cheias nas duas comunidades retirando as famílias de áreas alagadiças.”


O ministro também confirmou o empenho de R$ 1 milhão para obras de pavimentação do acesso ao Santuário Nossa Senhora Aparecida do Sul, no bairro Conceição. “Já temos o empenho de recursos junto ao Ministério do Turismo e agora cabe ao município encaminhar o projeto para sua liberação, o que deve ocorrer no primeiro semestre. O turismo religioso é uma atividade extremamente positiva que deve ser mais explorada também no Vale do Caí”, defendeu Osmar Terra.


Como Vice-prefeito e em exercício do cargo de Prefeito, Luiz Alberto Oliveira colocou para o ministro Osmar Terra a situação do prédio do INSS, que em Caí sedia a agência local do instituto e a Secretaria Municipal de Saúde e da Família. “Hoje pagamos R$ 8 mil mensais de aluguel por um prédio que é completamente ocioso para a União. Por isso, estou pedindo ao ministro o repasse do local ao nosso município”, destacou Oliveira.


Osmar Terra destacou que o INSS é ligado ao seu ministério. “Porém, o INSS tem um caráter peculiar. O instituto é de quem paga a previdência, não é um bem público. Temos uma proposta do governo federal adquirir propriedades do INSS, só que isso não tem prazo para ocorrer. Quando adquirirmos o prédio de Caí, ele será repassado para a prefeitura. O que posso afirmar no momento é que irei encaminhar a cessão de uso do local ao Município de São Sebastião do Caí.”(Foto:Acom)

Terça, 09 Janeiro 2018 10:46

Tudo pronto para o início da Festa de São Sebastião

Escrito por

Começaram nesta semana os trabalhos de montagem das estruturas metálicas de palco e cobertura, bem como do parque de diversões, que serão utilizados durante a Festa de São Sebastião. Maior evento religioso do Vale do Caí, a popular festa da praça começa na próxima quinta-feira, dia 11, e se estende até o dia 21 na área que compreende a Praça Cônego Edvino Puhl e o estacionamento da Igreja Matriz.

 

Mantendo a tradição que atrai milhares de visitantes todos os anos, a promoção reúne de forma única programação religiosa e também popular, com as missas da novena ocorrendo na igreja e sendo seguidas dos festejos na área externa localizada bem no Centro da cidade. Outra atração da festa é a gastronomia, com destaques para os conhecidos e saborosos pastéis, cachorro quente e pão com salsichão servidos pelas comunidades católicas de todo o município. A novena desse ano terá como tema São Sebastião, Igreja Comunidade de Comunidades. As missas começam no dia 11, às 20 horas, e ocorrem diariamente até o próximo dia 19.

 

A missa festiva, que encerra a novena, será no dia 20, Dia de São Sebastião, às 19 horas, seguida da tradicional procissão com a imagem do santo padroeiro por ruas do Centro da cidade. A caminhada ecumênica terá saída da Igreja Matriz.

 

Programação artística terá shows e bailes

 

Grande atração para o público, a parte artística da Festa de São Sebastião terá shows e bailes em todos os 11 dias do evento. As apresentações no palco começam na próxima quinta-feira, dia 11, às 21h30min, com Claudinho Azevedo. Já no dia 12, sexta, a atração é o Trio Serrano, no mesmo horário.

 

No sábado, dia 13, Júnior Oliveira e a banda Alegria animam o público até a madrugada de domingo. O primeiro fim de semana da festa do padroeiro se encerra no dia 14, também às 21h30min, com a revelação da vencedora do tradicional concurso Boneca Viva e baile ao som do grupo Canção Nativa. As atrações prosseguem diariamente até o dia 21. Acompanhe o site de São Sebastião do Caí (www.saosebastiaodocai.rs.gov.br) e a fan page do município para mais informações sobre a programação.(Foto:Acom)

Cesar Silveira, filho de Silvio Camboim Silveira, participou de programa da JPTV. Na oportunidade, ele falou sobre as aventuras de seu pai, que saiu de Montenegro, de trem, para se estabelecer no Rio de Janeiro. Em um determinado momento ele se aventurou como protagonista de um filme que rodou pelo Brasil.

 


Da Redação


Segundo Cesar, no Rio de Janeiro, Camboim ficou conhecendo os diretores da Lux Filmes, que pretendiam fazer um filme sobre os índios. “ O pai se ofereceu, juntamente com a mãe, para atuar no filme. Ai saiu o filme “Aruanã”, que passou em várias cidades do Brasil.


Camboim e a esposa, conforme Cesar, apesar da pouca experiência, acabaram sendo os atores principais do filme. “ O objetivo era conviver com os índios Carajás. Aliás meu pais já tinha estado com os índios anteriormente.


Segundo o site “Adoro Cinema”, o filme Aruanã foi rodado em 1938, com a seguinte sinopse: “Um aventureiro alemão vai até a região do Rio das Mortes atrás de minas de ouro e encontra os perigosos índios Javahés. Uma das índias sente uma grande atração pelo homem branco, o qual nunca havia visto. Com locações no Mato Grosso e em Goiás, o longa se fixa na luta entre civilizado e selvagem e mistura elementos baseado na lenda da Serra dos Martírios”.


Cesar recorda que o filme, estrelado por seus pais, passou também em Montenegro, no Cine Goio- En. “ Foi um filme muito interessante, pois mostrava o dia a dia dos índios”, afirma. Cesar nasceu no Rio de Janeiro e veio para Montenegro com dez anos de idade, se formou em Contabilidade e, mais tarde, trabalhou como contador na cidade de Arroio dos Ratos.

Senza Pagare / Redação da Aleteia | 29 de Dezembro de 2017

Stojan Adasevic se tornou o principal líder pró-vida na Sérvia, mas, durante 26 anos, a história dele foi outra... Tragicamente outra.

Stojan Adasevic é atualmente o principal líder pró-vida na Sérvia, mas, durante 26 anos, foi o ginecologista abortista mais prestigiado da Belgrado comunista. Estima-se que ele tenha feito no mínimo 48 mil abortos. Chegou a fazer inacreditáveis 35 abortos por dia.

Repetindo: estima-se que ele tenha feito no mínimo 48 mil abortosStojan Adasevic chegou a fazer inacreditáveis 35 abortos por dia.

Os livros de medicina do regime comunista diziam que o aborto era simplesmente “remover um pedaço de tecido”. Os ultrassons, que permitem ver o feto, apareceram na década de 1980, mas não mudaram a sua opinião.

No entanto, certa noite, ele começou a ter pesadelos. Sonhou com um belo campo cheio de crianças e jovens, dos 4 aos 24 anos, brincando e rindo, mas que fugiam dele aterrorizados. Um homem vestido de hábito preto e branco o olhava atentamente, em silêncio.

O sonho se repetiu várias vezes e, toda noite, o médico acordava com suores frios. Em uma das ocasiões, ele perguntou ao homem de preto e branco como se chamava. E o homem respondeu:

“O meu nome é Tomás de Aquino”.

Adasevic, formado nas escolas comunistas, nunca tinha ouvido falar do grande santo dominicano e não reconheceu aquele nome. Tomás lhe disse então:

“Por que não me perguntas quem são estas crianças? Tu as mataste com os teus abortos”.

Adasevic acordou, impressionado e considerando não fazer mais abortos. Naquele mesmo dia, porém, veio ao seu hospital um primo com a namorada, grávida de quatro meses, para fazer o seu 9º aborto – sim, nono aborto! O número é apavorante, mas esse tipo de situação era e é frequente nos países do bloco soviético: até hoje, continua sendo alta a “média de abortos” por mulher nessas nações, embora não haja estatísticas oficiais que as quantifiquem ao certo. O caso é que o médico aceitou. Em vez de remover o feto membro a membro, no entanto, ele decidiu esmagá-lo e removê-lo como uma massa. Mas o coração do bebê saiu ainda batendo! Foi quando Adasevic finalmente percebeu que tinha acabado de matar um ser humano.

Ele comunicou ao hospital que não faria mais abortos. Nenhum médico na Iugoslávia tinha se recusado antes a abortar. Eles cortaram o seu salário pela metade, despediram a sua filha, não permitiram que o seu filho entrasse na faculdade. Afinal, o Estado socialista não tinha pago os seus estudos para que ele “servisse ao povo”? Ele não estava agora “sabotando o Estado”? Após dois anos nessa luta, Adasevic estava prestes a desistir, mas sonhou novamente com Tomás de Aquino. O homem de preto e branco lhe disse:

“És um bom amigo. Persevera!”

Adasevic se comprometeu com grupos pró-vida. Conseguiu que a televisão iugoslava passasse duas vezes o documentário “O Grito Silencioso” (The Silent Scream), feito por outro famoso ex-abortista, o Dr. Bernard Nathanson (confira o documentário no vídeo logo abaixo). No início dos anos 1990, o movimento pró-vida conseguiu ainda que fosse aprovado no parlamento um decreto de proteção dos não-nascidos, mas o presidente Milosevic se recusou a assiná-lo. Milosevic é o mesmo ditador que provocou a guerra civil na antiga Iugoslávia; uma guerra fratricida entre os mesmos iugoslavos que tinham abortado os seus filhos aos milhares.

O Dr. Stojan Adasevic publicou o seu testemunho em várias revistas e jornais da Europa Oriental.

Não perca o documentário “O Grito Silencioso

https://www.youtube.com/watch?v=0heNeYmaCSc

_________

Adaptado de tradução de artigo do jornal espanhol La Razón (2008) publicada pelo blog Senza Pagare

Página 1 de 34