Back to Top
site 7132   hyhy

Sociedade

 O maior balão do Rio Grande do Sul chamou a atenção dos montenegrinos durante o final de semana. Poucos puderam voar, devido ao número limitado de passageiros e de voos, mas todos puderam apreciar a beleza que desfilou pelo céu na cidade.


 As redes sociais foram tomadas pelos registros em fotos e vídeos do evento promovido pela Trip de Torres. No mês de agosto a equipe esteve na cidade de Brochier e agora realizou o primeiro voo coletivo de Montenegro. As decolagens ocorreram no sábado e domingo, todas com lotação máxima.

 

A empresa organizadora confirmou que o balão estará de volta, para passeios, nos dias 23 e 24 deste mês. Em Brochier, a atração estará no dia 20

 

Foto:Emerson Oliveira

Segunda, 04 Setembro 2017 11:43

Estação da Cultura sofre ato de vandalismo

Escrito por

 Nem mesmo o espaço cultural de Montenegro escapou da ação de vândalos no último final de semana. Uma porta de acesso, localizada nos fundos do Museu de Artes, teve os vidros e a maçaneta quebradas durante a ação.

 A Guarda Municipal foi acionada para atender ao caso. Do local foi roubado um violão.

Segunda, 04 Setembro 2017 11:06

Parque de Diversões é liberado para funcionamento

Escrito por

Depois de uma semana em busca da documentação necessária, o Parque de Diversões, localizado no bairro Timbaúva, recebeu a liberação oficial para funcionamento. O Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e a Secretaria Municipal de Obras Públicas concederam a autorização necessária para abertura na sexta-feira. As informações são da Diretoria de Obras e Posturas do município.(Foto:Acom)

 Devem estar habilitadas para trabalhar até o fim do mês as duas médicas cubanas que vieram ao Município de São Sebastião do Caí para serem incorporadas na estrutura da Secretaria Municipal de Saúde. As novas profissionais irão preencher vagas abertas dentro do programa Mais Médicos do governo Federal.


 Dayana Ruiz Acosta, 26 anos, e Lianet Rodriguez Arias, 27, estão no País desde o dia 12 de agosto e chegaram em Caí nesta semana. “Elas primeiro ficaram em Brasília, onde passaram por um trabalho de adaptação, para conhecer mais da realidade brasileira e terem noções de Língua Portuguesa”, explicou o secretário municipal de Saúde, Diomar Machado Flores. Segundo ele, as duas médicas permanecerão na comunidade pelos próximos três anos e irão ocupar vagas deixadas por outros profissionais do Mais Médicos que voltaram ao País de origem nas unidades básicas de saúde do bairro Navegantes e do Loteamento Popular.

 Diomar, Dayana e Lianet foram recebidos no fim da manhã desta sexta-feira no gabinete do prefeito Clóvis Duarte. “Temos uma experiência muito positiva com o Mais Médicos. Os profissionais que para cá vieram fizeram excelentes trabalhos e tenho certeza que as duas novas médicas também o farão. Elas são muito bem vindas e terão todo o nosso apoio para atender da melhor forma possível a comunidade.”

 

 

Textoi/foto: Imprensa São Sebastião do Caí

Em votação realizada durante a sessão da Câmara Municipal de Vereadores, por unanimidade, os vereadores aprovaram a abertura de um novo processo de Impeachment do Prefeito afastado, Luiz Américo Alves Aldada. O pedido foi feito pela OAB e agora uma nova comissão, formada por Talis Ferreira,Erico Velten e Juarez da Silva, dará andamento aos trabalhos.


Como o Grupo Progresso de Comunicação já havia adiantado, haverá duas comissões processantes trabalhando concomitantemente, fato inédito na história do Legislatuvo gaúcho.

 Em reunião extraordinária, realizada na manhã desta quinta-feira (31), o Conselho Municipal de Transporte e Trânsito trouxe em sua pauta a revisão tarifária do transporte coletivo e a solicitação de instalação do semáforo no bairro Timbaúva.


 A convite do presidente do Conselho, o empresário Júlio Hoerlle apresentou material informando a forma de Cálculo Tarifário no Transporte Coletivo Municipal. Posteriormente, os conselheiros aceitaram o pedido de vistas por parte da OAB e então, a votação sobre o aumento tarifário ficou definida para ocorrer na próxima reunião ordinária do Conselho, dia 11 de setembro. Neste período, os conselheiros terão acesso ao processo para mais detalhes.


 Em relação a instalação do semáforo no cruzamento da rua Bruno de Andrade com a rua Capitão Jacinto José Fernandes, os conselheiros decidiram que será feito um ensaio no local, promovido pela Brigada Militar, Guarda Municipal e SMOP, em períodos distintos, para que na sequência possa ser avaliado de forma técnica e mais precisa, o parecer do conselho.

 

 O início do encontro teve a participação do Prefeito Municipal, em exercício, Carlos Eduardo Müller – Kadu e do Chefe de Gabinete, Edar Borges. Na oportunidade, o Chefe do Executivo destacou a importância do CMTT e pediu para que os conselheiros sejam apolíticos. Também participaram da reunião representantes da Secretaria Municipal de Obras Públicas, Brigada Militar, UMAC, Viação Montenegro, CREA, AEMO, AOB, Sindicato dos Taxistas e ACI Montenegro/Pareci Novo.

 

Texto/Fotos: ACOM

 Conforme o Diretor do Departamento de Transporte e Trânsito (DTT) de Montenegro, Airton Oliveira, a última ação de demarcação viária realizada em Montenegro ocorreu em dezembro de 2016. Os pedidos de pintura para faixas de pedestre e proibição de estacionamento não param de aparecer no departamento, o que não tem chegado por lá são os materiais para realizar o trabalho.


 Segundo Airton, atualmente o estoque de todos os materiais usados para fazer as demarcações está zerado. “Hoje não temos nada de material para fazer pinturas. Existe um registro de preço que está em andamento no departamento, mas não se sabe o prazo para que tramite nas secretarias. Uns três meses, com certeza, vai levar para fazer todo esse processo. “

 

 Oliveira relata que se nenhuma empresa entrar com recurso, em cerca de quatro meses o material deve chegar ao departamento. Caso contrário, terá de ser aberto um novo processo e aí poderá levar ainda mais tempo. “Há risco de que esse ano a gente não receba material”, conclui o diretor.

Uma comitiva formada pelos Vereadores Cristiano Voon Braatz, Felipe Kinn, Jose Paz, Juarez Vieira da Silva , Neri de Mello Pena e Talis Ferreira esteve reunida com o Prefeito em Exercício, Carlos Eduardo Müller, com o Chefe de Gabinete, Coronel Edar Borges Machado, e com o Diretor de Trânsito, Airton Oliveira. O objetivo do encontro foi cobrar um posicionamento do Executivo em relação à instalação da sinaleira na Rua Dr. Bruno de Andrade esquina com Cap. Jacinto José Fernandes, no Bairro Timbaúva.


 Conforme os vereadores há pouco mais de vinte dias a Secretaria Municipal de Obras Públicas firmou compromisso de instalar o equipamento solicitado no prazo de trinta dias. Os edis querem saber se a promessa ainda está vigente, pois faltam poucos dias para o prazo expirar, e a comunidade está cobrando o resultado.

 

 O prefeito e o chefe de gabinete mostraram-se simpáticos à ideia, mas pediram alguns dias para tomar conhecimento sobre o projeto. Além disso, o Diretor de Trânsito do Município, Airton Oliveira, reforçou que é preciso avaliar se há material disponível no departamento.

 

 Na manhã dessa quinta-feira,31, os representantes do Executivo participam de uma nova reunião também referente às sinaleiras. Desta vez o assunto é tratado junto ao Conselho Municipal de Trânsito.

Solidariedade é o resultado da generosidade. Ser generoso é fazer aquilo que você não tem o dever de fazer, mas faz mesmo assim para ajudar”. Foi com esse espírito que a Unimed Vale do Caí comemorou seus 45 anos, promovendo a solidariedade e dividindo essa data tão marcante com uma de suas parceiras: a Apae de Montenegro. A comemoração foi realizada no 22º Jantar Baile Apae/Unimed, com o tema “Uma Noite Solidária”, no último sábado (26), no Clube Riograndense, em Montenegro.

 

Comandado pela mestre de cerimônias Alice Bastos Neves, apresentadora do programa Globo Esporte na RBS TV, o evento teve início com um homenagem prestada pela Apae à Unimed Vale do Caí, através do maior diferencial da entidade: o talento de seus alunos, impulsionado pelo empenho dos professores. O público acompanhou o show “Dança Comigo”, coreografado por Nonô Ritter com apoio da professora Inez Griebeler. Os alunos Cristiano Dornelles e Janaína Santarém encantaram o público ao interpretarem as coreografias de quatro músicas com estilos diferentes, acompanhados de trocas de figurino.


Em seguida, após a apresentação de um breve histórico sobre a fundação da Unimed Vale do Caí e do Jantar Baile, o vice-presidente da Apae e da cooperativa, Dr. Henri de Quadros, agradeceu o apoio e a solidariedade dos cooperados para com a entidade e lembrou que o caminho da Unimed e da Apae está interligado. “São trajetórias parecidas, de ideias, sonhos e muito trabalho! Nosso objetivo é fazer com que essa parceria continue por muitos anos”, destacou. Após, acompanhado da aluna Janaina Santarém, entregou ao presidente da Unimed Vale do Caí, Dr. Paulo Sehn, uma placa em homenagem aos 45 anos da cooperativa.

 

Sehn agradeceu o reconhecimento e destacou a história da Unimed Vale do Caí, baseada no idealismo do cooperativismo e na união de seus médicos cooperados, bem como a relação da cooperativa com a Apae. “Em nossa formação médica já está incorporado o ato de pensar no semelhante, de cuidar. Dessa forma que a Unimed vem trabalhando desde o início: com união e pensando no próximo. E o símbolo disso é o nosso hospital, construído através da união de nossos cooperados, mas que hoje não pertence mais à Unimed e, sim, à comunidade”, lembrou. A noite também contou com mais uma apresentação surpresa do aluno Cristiano Dornelles e marcou o lançamento do novo vídeo institucional da Unimed Vale do Caí.


Em seguida, todos foram convidados a realizar um brinde em homenagem ao aniversário da cooperativa. A festa seguiu ao som da Banda Youngles e do DJ Ricardo Rocha, com a confraternização de médicos cooperados, familiares, representantes do Sistema Unimed federativo e estadual e da comunidade. A comemoração deixou a certeza de que a Unimed Vale do Caí chega aos 45 anos com uma história consolidada nos pilares do pioneirismo e da inovação, mas também da assistência e da humanização. E que esse espírito estará presente durante os próximos anos.

 

Há 22 anos a Apae Montenegro passava por um momento de dificuldade financeira para atender as crianças com necessidades especiais. Sensibilizada com a situação, a Unimed Vale do Caí, através de seus médicos cooperados, se prontificou a ajudar, criando o Baile Apae/Unimed. Na oportunidade, os cooperados se prontificaram a trabalhar como garçons na noite do evento, buscando atrair o público.

 

Por alguns anos o gesto se repetiu e, posteriormente, se solidificou a ideia do Baile Apae/Unimed. Além de ser um momento de celebração entre alunos e parceiros da Apae, desde a primeira edição o Jantar Baile vem auxiliando nos compromissos financeiros da entidade.(Acom Unimed)