Back to Top
site 7132   hyhy
Segunda, 08 Janeiro 2018 08:38

Conheça o montenegrino que foi protagonista de filme gravado em 1938

Escrito por Adriano
Avalie este item
(0 votos)

Cesar Silveira, filho de Silvio Camboim Silveira, participou de programa da JPTV. Na oportunidade, ele falou sobre as aventuras de seu pai, que saiu de Montenegro, de trem, para se estabelecer no Rio de Janeiro. Em um determinado momento ele se aventurou como protagonista de um filme que rodou pelo Brasil.

 


Da Redação


Segundo Cesar, no Rio de Janeiro, Camboim ficou conhecendo os diretores da Lux Filmes, que pretendiam fazer um filme sobre os índios. “ O pai se ofereceu, juntamente com a mãe, para atuar no filme. Ai saiu o filme “Aruanã”, que passou em várias cidades do Brasil.


Camboim e a esposa, conforme Cesar, apesar da pouca experiência, acabaram sendo os atores principais do filme. “ O objetivo era conviver com os índios Carajás. Aliás meu pais já tinha estado com os índios anteriormente.


Segundo o site “Adoro Cinema”, o filme Aruanã foi rodado em 1938, com a seguinte sinopse: “Um aventureiro alemão vai até a região do Rio das Mortes atrás de minas de ouro e encontra os perigosos índios Javahés. Uma das índias sente uma grande atração pelo homem branco, o qual nunca havia visto. Com locações no Mato Grosso e em Goiás, o longa se fixa na luta entre civilizado e selvagem e mistura elementos baseado na lenda da Serra dos Martírios”.


Cesar recorda que o filme, estrelado por seus pais, passou também em Montenegro, no Cine Goio- En. “ Foi um filme muito interessante, pois mostrava o dia a dia dos índios”, afirma. Cesar nasceu no Rio de Janeiro e veio para Montenegro com dez anos de idade, se formou em Contabilidade e, mais tarde, trabalhou como contador na cidade de Arroio dos Ratos.

Lido 213 vezes Última modificação em Segunda, 08 Janeiro 2018 08:40