Back to Top
site 7132   hyhy
Quinta, 08 Fevereiro 2018 10:07

Artistas e malabares são as novas atrações das esquinas de Montenegro

Escrito por Adriano
Avalie este item
(0 votos)

Nos últimos meses os montenegrinos tem-se deparado com uma nova situação nas esquinas da cidade: a presença de artistas “ malabares” que fazem uma pequena apresentação e solicitam, gentilmente, a colaboração. O GPC conversou com uma dessas artistas. Ela revelou que consegue, em média, R$ 60,00 por duas horas de atuação.


Da Redação


Amanda Bianca Santos Miranda é natural da cidade de Charqueadas e há cinco anos reside na cidade de Montenegro. Ela recém se formou no curso de dança e tem feito, juntamente com os colegas do Coletivo Órbita, um trabalho artístico nas esquinas da região central da cidade.


Amanda conta que a maioria dos artistas que fazem esse trabalho são acadêmicos ou formados pela UERGS e todos estão inscritos no Coletivo Órbita. O coletivo realiza eventos, com bambolês, em eventos públicos e algumas atividades comunitárias. Segundo Amanda, 50% do valor arrecadado nas ações de rua ficam com o coletivo, para a aquisição de novos bambolês, por exemplo, e os outros 50% com os próprios artistas, que investem em alimentação e moradia.


A onda dos artistas nas equinas é nacional. Eles estão em toda a parte: Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais....


Porém, o artigo 254 do Código de Trânsito Brasileiro diz que é proibido ao pedestre permanecer ou andar nas pistas de rolamento, exceto para cruzá-las onde for permitido. A lei ainda proíbe a utilização para a prática de qualquer folguedo, esporte, desfiles e similares, salvo em casos especiais e com a devida licença da autoridade competente. Os malabaristas, no entanto, se resguardam citando o artigo 5 da Constituição Federal que garante aos brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil a livre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença.(Colaboração: Correio de Uberlândia/Foto: arquivo pessoal)

Lido 163 vezes Última modificação em Quinta, 08 Fevereiro 2018 10:13